+ de 117
Missões Realizadas
+ de 542
Voluntários Enviados

QUEM SOMOS

A Equipa d´África é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento sem fins lucrativos, nascida em 1998, proveniente das Equipas de Jovens de Nossa Senhora.
Desenvolve anualmente projectos de voluntariado-missionário e atividades de cooperação social e pedagógica em Portugal, Moçambique e S. Tomé e Príncipe, com o objectivo de melhorar as condições de vida das populações locais.

FORMAÇÃO

Na Equipa d’África acreditamos que a formação dos voluntários é essencial para que as missões se materializemda melhor forma. Por isso, ao longo do ano, partilhamos uma formação intensa e abraçamos projetos sociais que acreditamos serem essenciais na transformação dos nossos voluntários em cidadãos ativos e conscientes.
Ao longo da formação procuramos incutir no grupo de voluntários os valores da Associação Equipa d’África:Oração, Entrega, Serviço e Vida em Comunidade.
Por acreditar que a formação é essencial, os voluntários são motivados a participar de forma assídua e compro-metida para que estejam aptos a partir para as missões da Equipa d’África. O processo de formação, que decorrede Novembro a Julho do ano seguinte, é composta por: reuniões semanais (alternadas entre reuniões de tema ede oração), campos de trabalho e outras atividades.

ENTREGA
SERVIÇO
VIDA EM
COMUNIDADE
ORAÇÃO

TAMOS JUNTOS
JUNTOS PELA MISSÃO

TAMOS JUNTOS
JUNTOS PELA MISSÃO

TAMOS JUNTOS
JUNTOS PELA MISSÃO

MISSÕES

Através da realização dos Projetos de Curta Duração (2 semanas a 2 meses) em Portugal, Moçambique e São Tomé e Príncipe, a Associação Equipa d’África tem como principais objetivos:

• Identificar as principais necessidades das populações locais para posteriormente poder intervir de forma maisassertiva;
• Apoiar os projetos desenvolvidos pelas entidades locais no terreno;
• Diminuir a iliteracia, sobretudo em países em vias de desenvolvimento;
• Formar e capacitar as populações locais com conhecimentos e instrumentos em diferentes áreas: saúde,educação, ambiente etc.;
• Promover um diálogo intercultural;
• Melhorar as infraestruturas dos locais de projeto, com o intuito de facilitar a aprendizagem da população e assuas condições de trabalho.

SER VOLUNTÁRIO

Foi a formação e a avalanche da descoberta em cada campo de trabalho, cada peregrinação, cada evento ou jantar de gala que descobri a importância do cuidar, do ouvir, do saber estar, da entrega e principalmente descobri a importância de sair da nossa zona de conforto.
Hoje, sou educadora de infância num colégio e tento diarimante trazer os pilares da equipa para o meu dia a dia, nomeadamente a entrega, o serviço e a vida em comunidade